07/08/2019

A dura realidade


Depois da copiosa e humilhante derrota na Super Taça frente ao rival eis o momento de fazer um primeiro balanço do inicio desta temporada. Porém queria dizer que penso que esta derrota não é o fim de tudo mas sim apenas um começo mau, muito mau mesmo, de uma temporada que ainda tem muito jogo. Não penso portanto que se deva colocar tudo em causa mesmo com este resultado pois de tudo se tiram dados positivos.

É claro que ninguém deste clube gosta de perder mas para mim esta derrota significa que até ao final do mês há muita coisa para rectificar. A equipa técnica é que não mudará com certeza e também não faria sentido mudá-la neste momento pois Keiser tem mais um ano de contrato e no fim ou quiçá a meio da época logo se verá. Considero é que esta derrota tem alguns factores que a podem explicar como por exemplo: fraca e má planificação da pré-época, jogadores na pré-época a conta gotas o que justifica a sua má condição física , fraca qualidade de alguns jogadores e qualidade curta do plantel, má estratégia escolhida pelo sr.º Keiser e má e deficiente preparação física da equipa. Para terminar, se tudo isto acontece é porque o departamento de futebol é inexperiente.
Comecemos:
No meu outro post sobre a pré-temporada do nosso clube dizia que eu não a teria planeado desta forma, isto é, iniciaria os jogos com equipas mais fracas ..dois ou três jogos...e depois aí começaria a elevar a fasquia até perfazer mais jogos do que aqueles que jogámos. E isto porquê, para levantar a moral das tropas, para que os mais fracos se iniciassem bem, para entrosar ao máximo a equipa e também para ganharmos intensidade para o jogo principal. No entanto não foi isso que o SCP fez á excepção do primeiro jogo que foi com uma equipa inferior. Nós, realizámos poucos jogos, com equipas mais fortes na preparação e já nem vou focar a ida despropositada ao EUA (prestigio conquista-se de outra forma).
Depois a chegada a conta gotas dos nossos jogadores. Quem queríamos nós enganar? Os dados estavam lançados , nós é que não os quisemos ver. Jogadores importantes como Coates e Acuna vieram tarde e sem eles somos claramente mais fracos. Para a esquerda Borja também veio tarde e isso não lhe dava intensidade nem preparação física necessária para o jogo e assim , de inicio desde a pré-época só o puto..que talvez tivesse feito melhor. Para o eixo da defesa tínhamos de facto dois elementos que vinham de inicio da pré-temporada, Mathieu e Neto, mas Keiser ainda conseguiu colocar Coates que também não tinha condição física para um jogo daquela intensidade.
No meio disto tudo, a estratégia encontrada á ´ultima da hora`. Mas em algum jogo da pré-época este sistema foi testado? Bem, esperar por um jogo destes para inventar só me faz lembrar o Jorge Jesus. O sistema até não nem começou mal mas ao intervalo viu-se que não estávamos preparados para aguentá-lo. A segunda parte foi uma vergonha...as pernas estavam onde? Mas mais, o Doumbia e o Wendell a receberem bolas de costas para a nossa baliza foram uma vergonha mas a culpa é de quem colocou o sistema daquela forma. O Benfica fez o seu trabalho de casa e pressionou a nossa saída de bola até dar frutos pois esta com Doumbia ou Gudelj continua igual. O pior é que agora, ao nosso primeiro jogo, todos sabem que continuamos a não ter jogadores com capacidade de construir jogo.... não espero nada de bom para os próximos jogos.
Mas continuando a falar da qualidade dos jogadores: que atitude foi aquela do Diaby? Ao invés, o Thierry Correia que veio da formação e está no seu primeiro ano na equipa principal deu cartas e não sei se não foi mesmo o melhor jogador do Sporting em campo. Estes são os dados bons da derrota!
E o Acuna quantas mais vezes jogará a lateral? Que desperdício ter o argentino a defesa! E o Bas Dost que continua sem bolas para finalizar? Outro desperdício. Lembram-se de como jogávamos com o JJ ao leme? Acuna era extremo esquerdo e Bas Dost finalizava com Bruno Fernandes a seu lado. O curioso é que estes três estão cá todos mas Keiser mudou tudo!! O que não é fácil, é reconstruir um meio campo que tinha William e Adrien.
A minha certeza é que estas eram as posições que o Sporting mais deveria ter reforçado, como defendi no meu outro post pois, quem jogará se Wendell ou Bruno Fernandes estiverem lesionados e isto já para não falar da qualidade dos jogadores.
Enfim, a nossa realidade é esta.. que o Benfica nos fez ver: estamos fracos e temos um plantel curto de qualidade , temos uma equipa técnica fraca que está há mais de um ano a tentar colocar-nos a defender como defendíamos com o JJ e estamos muito dependentes do Bruno Fernandes.
A ver continuamos sem laterais pois contratamos um lesionado e do outro lado insistimos em adaptar um jogador, no eixo do meio campo Doumbia não chega para as encomendas e Wendell continua sem saber defender, a extremo esquerdo temos Acuna mas Keiser continua a inventar e na frente temos um goleador mal amado pelo seu treinador.
É esta a nossa dura realidade.
Soluções:
Esperar que Rosier recupere da sua lesão e seja um lateral de elevada categoria, que Borja seja de facto o lateral esquerdo da equipa libertando Acuna para o ataque, que Mathieu e Coates sejam dois eixos defensivos consistentes, que o Sporting encontre um médio defensivo com categoria e não ande a contratar possíveis bons jogadores como Doumbia ou Eduardo, que Wendell tenha um bom substituto á altura para ver que o lugar não é dele só porque sim, Que Acuna seja o nosso extremo esquerdo, Que Bruno Fernandes não sai mas se sair contratar um bom jogador que mesmo não sendo igual faça o seu trabalho bem feito e que as bolas cheguem finalmente a Bas Dost para ele poder utilizar o que mais tem de bom, o ultimo toque para a baliza adversária.
Este é o Sporting que todos nós queremos mas mesmo com este resultado não é hora de colocar tudo em causa pois existe um projecto para o clube e para a equipa e que temos de apoiar por muito que não gostemos dele.
Eu continuo a dizer que esta direcção parece ter conhecimentos do que falta na Academia, do que precisa a nossa formação e da estrutura a montar que já deveríamos ter há muito mas no futebol sénior, se bem que concorde por exemplo com a saída de muitos jogadores que não passavam de promessas do futebol, não parece ter escolhido as pessoas que o SCP mais necessitava para o departamento de futebol. É que estes erros todos não são só culpa da equipa técnica e sim, também, deste departamento que se ouvisse os srºs adjuntos do Jorge Jesus que agora trabalham no clube talvez aprendessem muito.

1 comentário:

  1. Bom dia!

    Passem pelo meu blogue para ler e comentar o meu artigo "Seis jogadores dos sub-23 do Sporting à beira da equipa principal" (https://davidjosepereira.blogspot.com/2019/09/sporting-sub-23-liga-revelacao-goncalo-inacio-nuno-mendes-rodrigo-fernandes-matheus-nunes-tomas-silva-pedro-mendes-joelson-fernandes-bruno-tavares.html)

    Abraço

    ResponderEliminar